As diretrizes estad uais no Atendimento ao Dependente Químico pela Atenção Primária à Saúde em Minas Gerais

Ludmila Eleonora Gomes Ramalho

Resumo


Este trabalho visa analisar a assistência ao dependente químico, focalizando os serviços preconizados para a Atenção Primária à Saúde, no estado de Minas Gerais. Para tal, foi utilizado como método o estudo de onze Linhas-Guias de Atenção Primária, instrumentos normalizadores idealizados pela Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES/MG), com intuito de embasar e melhorar a qualidade da assistência à saúde. Com isso, foi possível conhecer e sistematizar as principais orientações existentes para abordagem do uso e dependência de drogas, neste nível de atenção. A conclusão do trabalho aponta para a importância das Linhas-Guia como instrumento útil na prevenção e tratamento da dependência química pela Atenção Primária, apesar de abordar o tema de forma dispersa. Além disso, suscita a pertinência da formulação de uma Linha-Guia específica de atenção ao usuário de álcool e outras drogas, possibilitando o agrupamento das informações, o estudo a fundo do tema e consequentemente o fortalecimento de diretrizes clínicas favoráveis a uma melhor assistência.


Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias; Guia de Prática Clínica.

Texto completo:

PDF