ADEQUAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE AO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA: PROPOSTAS E CONQUISTAS

Érica Maria Noronha Viana, Paulo César Almeida, Nádia Tavares Soares, Maria de Fátima Gomes Luna, Geordany Rose Oliveira Viana Esmeraldo

Resumo


Este artigo tem o objetivo de traçar um paralelo entre a necessidade de adequação dos profissionais de saúde ao Programa Saúde da Família – PSF, as principais medidas realizadas para alcançar essa adequação e os resultados de algumas propostas de capacitação dos profissionais de nível superior das equipes de saúde da família. O estudo é de natureza bibliográfica e de caráter analítico, constituído com base em levantamento das dissertações, teses e artigos indexados do banco de dados on-line, por meio de pesquisa no sistema Lilacs-Scielo-Bireme, assim como da consulta a documentos oficiais do Ministério da Saúde. A seleção dos artigos obedeceu a critérios como: período de publicação (entre os anos de 2001 a 2007) e pertinência ao tema. Os descritores utilizados foram: recursos humanos em saúde, PSF, formação e capacitação em saúde. Observou-se grande empenho do Ministério da Saúde em iniciativas que busquem adequação de recursos humanos no PSF, porém há muito o que se trabalhar para atingir tal objetivo. Conclui-se pela necessidade de maior investimento na capacitação profissional, visto serem os recursos humanos peças fundamentais para se alcançar uma saúde de qualidade e a real implementação do modelo assistencial preconizado. Palavras-Chave: Recursos humanos em saúde; PSF; Formação e capacitação em saúde.

Texto completo:

PDF