ABORDAGENS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PERSPECTIVA DA PROMOÇÃO DA SAÚDE: visão do profissional Enfermeiro

Luís Gustavo Silva Fagundes

Resumo


Estudo de revisão integrativa da literatura, na qual pesquisas anteriores são sumarizadas e conclusões estabelecidas a partir do delineamento das pesquisas avaliadas, possibilitando síntese e análise acerca do tema investigado. Objetivou-se analisar o conhecimento produzido por enfermeiros que enfatize a importância de abordagens inovadoras na educação em saúde na perspectiva da promoção da saúde. Para seleção dos artigos utilizou-se as bases de dados LILACS; BDENF e SCIELO. A coleta de dados foi feita através de um formulário, contendo: base de dados, número da busca, código do estudo, título do artigo, nome do periódico, língua, país de publicação, ano de publicação, nome do 1° autor, profissão do 1° autor, objetivos do estudo e categoria temática. Obteve-se um total de vinte e quatro teses/dissertações que se adequou à temática. A divisão dos temas de agrupamentos de trabalhos se deu da seguinte forma: ação educativa em grupo; educomunicação e aqueles que não se enquadraram em nenhum desses grupos como outros. Observou-se que das 24 teses/dissertações encontradas apenas 7 (29,2%) não possuíam uma abordagem inovadora. A maior parte das teses/dissertações 17 (70,8%) contemplaram o tema inovações em educação em saúde na promoção da saúde e destes 12 (50%) das teses/dissertações encontradas se concentram nas “ações em grupo”. Observou-se que desde 2000, até os dias de hoje a preocupação dos educadores em estar buscando novas técnicas de se conseguir realizar a educação em saúde de forma inovadora para se conseguir promover saúde, vem crescendo e fazendo parte do cotidiano dos educadores em saúde.


Palavras-chave


Promoção da saúde, Ensino, Aprendizagem, Educação em saúde e Enfermeiro.

Texto completo:

PDF