ABORDAGEM DO FISIOTERAPEUTA NA SAÚDE DA CRIANÇA: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE PROPOSTA DE TRABALHO EM UMA UNIDADE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

Leonardo Henriques Portes, Maria Alice Junqueira Caldas, Amanda Regina Ribeiro de Oliveira

Resumo


Os cuidados com a saúde infantil estão entre as ações essenciais do Ministério da Saúde, sendo fundamentais a promoção do nascimento, crescimento, desenvolvimento e alimentação saudáveis. Assim, deve ocorrer o enfoque prioritário na prevenção das doenças prevalentes e na vigilância dos fatores de risco. Neste contexto, este trabalho buscou descrever as ações da prática do fisioterapeuta na Atenção Primária à Saúde, no âmbito da saúde da criança, a partir de uma abordagem integral. Para tal, foi realizado um levantamento das crianças com problemas respiratórios que participavam dos grupos com intervenções fisioterapêuticas na unidade, sendo posteriormente realizadas visitas aos domicílios destas e de outras crianças. Profissionais e estagiários de fisioterapia, de enfermagem e agentes comunitários participaram dessas ações. Foram trabalhados temas como alimentação, educação, higiene pessoal e da casa e orientações sobre prevenção e cuidados com problemas respiratórios e gastrointestinais. Foram realizadas cerca de duas visitas mensais aos domicílios, bem como necessárias visitas à escola e creche da comunidade. Foi observado que a maior parte dos domicílios apresentava agentes desencadeadores de problemas respiratórios. É importante a realização de ações multidisciplinares que abordem integralmente a prevenção de agravos e a promoção da saúde da criança, dentre elas as que integrem ensino e serviços de saúde, assim como a realização de outros estudos no âmbito da promoção da saúde e prevenção de agravos neste ciclo de vida.  

Palavras-chave


Transtornos Respiratórios; Atenção Primária à Saúde; Fisioterapia; Saúde da Criança; Prevenção Primária.

Texto completo:

PDF