ATENÇÃO PRIMÁRIA, PLANEJAMENTO E MODELOS DE ATENÇÃO À SAÚDE: UM ENFOQUE SOBRE O PLANO DIRETOR DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DE MINAS GERAIS

Debora Carvalho Ferreira, Eloiza Augusta Gomes, Irene Duarte Souza, Estela Marcia Saraiva Campos

Resumo


O legado da Atenção Primária à Saúde (APS) e o entendimento atual de estratégia de reorganização de sistemas de saúde a partir desta suscitam debates entre sujeitos e atores sociais envolvidos nos rumos das políticas de saúde. No período anterior à criação do Sistema Único de Saúde (SUS), a APS representava um marco referencial para a organização dos serviços numa proposta de reversão da lógica e ser uma das principais alternativas de mudança do modelo assistencial. Este artigo tem como objetivo apresentar uma reflexão sobre a proposta do Plano Diretor de Atenção Primária à Saúde de Minas Gerais (PDAPS MG) enquanto uma proposta de planejamento aplicada a APS e reorganização da rede de atenção à saúde. O objetivo do PDAPS MG é priorizar a orientação do sistema de saúde em redes de atenção, tendo a APS como eixo de ordenação. Aponta-se o PDAPS MG como uma “ferramenta estrutural” de alto potencial reformulador da APS e do sistema de atenção à saúde, pois sua metodologia emprega oficinas gerenciais que envolvem os atores dos serviços de saúde no planejamento estratégico da APS.

Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde. Planejamento em saúde. Sistemas de Saúde

Texto completo:

PDF