ACESSIBILIDADE DO HOMEM AO SERVIÇO DE SAÚDE APÓS A IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE DO HOMEM: UMA REALIDADE PRESENTE?

Sra Lúcia Claudiane Oliveira Lopes, Sra Pâmela Campêlo Paiva, Sra Geordany Rose de Oliveira Viana Esmeraldo, Sr Marcio Adriano da Motta, Sra Léa Maria Moura Barroso

Resumo


O estudo objetiva analisar a acessibilidade do homem aos serviços de saúde, após a implantação do Programa de Saúde do Homem em um Centro de Saúde no Município de Fortaleza-CE. Trata-se de um estudo crítico-reflexivo, com abordagem qualitativa, realizado no período de março a abril de 2011. Foi utilizada entrevista do tipo semiestruturada com 22 homens usuários do serviço no período noturno. Em seguida, os dados foram agrupados, categorizados e sequencialmente discutidos com suporte na compreensão dos resultados. A pesquisa concorre para a concretização do objetivo, evidenciando que, de forma geral, a implantação da Política Nacional de Saúde do Homem no Centro de Saúde Meireles melhorou a acessibilidade do homem que utiliza este serviço. Ainda persistiram, contudo, lacunas, que apontaram como dificuldades os aspectos organizacionais deste serviço, que burocratizam o fluxo do usuário, fazendo com que este transite por vários setores e espere muitas horas, para só então conseguir atendimento com o médico.

Palavras-chave


Saúde do homem; Acesso aos Serviços de Saúde; Acessibilidade; Sistema Único de Saúde

Texto completo:

PDF