CORRELAÇÃO ENTRE HIPERTENSÃO ARTERIAL E CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Marcello Barbosa Otoni Gonçalves Guedes, Thais Sousa Rodrigues Guedes, José Marcio Ribeiro

Resumo


O envelhecimento populacional é uma realidade mundial que demanda cada vez mais eficiência no cuidado ao idoso. Sabe-se que o envelhecimento está associado ao aumento da pressão arterial. Paralelamente a esse processo ocorre um aumento da inatividade física e funcional entre os idosos. Objetivamos buscar em bases da literatura científica, estudos que venham analisar a correlação entre capacidade funcional e pressão arterial entre idosos. A busca foi realizada nas bases: PUB MED/MEDLINE;SCIELO; GOOGLE ACADÊMICO. Os descritores usados foram consultados na Biblioteca Virtual em Saúde, foram eles:“Hypertension”; “Blood Pressure”;“Frail Elderly”, além do termo  “Functional Capacity”. Após leitura dos títulos e resumos foi feita avaliação semântica dos artigos selecionados. Foram selecionados 18 manuscritos pertinentes ao tema proposto. Todos os estudos analisados encontraram uma relação entre hipertensão arterial e incapacidade funcional. Contudo, poucos estudos buscaram ser conclusivos com relação as possíveis causas dessa relação, ou mesmo determinar quais níveis de hipertensão seriam capazes de influenciar negativamente na capacidade funcional. Os estudos mostraram uma associação entre hipertensão arterial e incapacidade funcional de idosos, o que traz repercussões diretas na qualidade de vida desse grupo, bem como um incremento nos gastos com saúde para esta faixa etária. Novos estudos são necessários para explicar melhor as causas dessa relação.


Palavras-chave


Hipertensão; Idoso Fragilizado, Pressão Arterial

Texto completo:

PDF