ACOLHIMENTO HUMANIZADO EM UM POSTO DE SAÚDE URBANO DO DISTRITO FEDERAL, BRASIL

Blenda de Sousa Baião, Rúbia Arakaki de Oliveira, Vitor Venancio Pires Carvalho Lima, Marlise Vieira de Matos, Kelly Aparecida Palma Alves

Resumo


O acolhimento compreende desde a recepção do usuário no sistema de saúde, a responsabilização integral de suas necessidades, até a atenção resolutiva aos seus problemas; baseando-se na escuta qualificada de todos os pacientes e na construção de vínculos entre os profissionais e a comunidade, buscando uma postura capaz de acolher e estabelecer respostas mais adequadas aos usuários. Este estudo objetiva contribuir para a reflexão dos profissionais do Posto de Saúde Urbano 01 do Riacho Fundo II / DF (PSU01), acerca do acolhimento humanizado, de acordo com as diretrizes da Política Nacional de Humanização (PNH). Trata-se de uma pesquisa descritivo-exploratória de caráter observacional e transversal com abordagem qualitativa. Os sujeitos da pesquisa foram 20 profissionais que trabalhavam na unidade de saúde e 30 usuários, escolhidos aleatoriamente. Para a coleta de dados foram utilizados questionários estruturados, elaborados pelos pesquisadores. Com base nestes dados, foram escolhidos alguns temas disparadores para a realização de um grupo focal. Utilizando a metodologia de Bardin, após análise dos discursos, elaboraram-se as seguintes categorias: acolhimento; falhas na gestão e questão social; visão imediatista e desconhecimento do usuário; vínculo. Observou-se que alguns fatores são entraves para a implementação, de fato,do acolhimento no PSU 01, tais como: quantidade insuficiente e a rotatividade de profissionais, infraestrutura inadequada (relacionada à ambiência), pouco treinamento destinado às equipes e carência de materiais. Além disso, foi evidenciado o quanto os profissionais sentem-se desvalorizados, muitas vezes, pela própria comunidade e pelos meios de comunicação em massa. Propôs-se a confecção de um banner explicando as verdadeiras atribuições de uma unidade básica de saúde, diferenciando-a de uma unidade de pronto atendimento, a fim de facilitar a relação entre profissionais de saúde e usuários.


Palavras-chave


Acolhimento; Humanização da Assistência; Saúde da Família; Atenção Primária à Saúde

Texto completo:

PDF