CONHECIMENTO E USO DE PLANTAS MEDICINAIS PELO ENFERMEIRO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

Danielle Souza Silva Varela, Dulcian Medeiros de Azevedo

Resumo


Objetivo: investigar o conhecimento e aplicabilidade de plantas medicinais pelos enfermeiros da Estratégia Saúde da Família (ESF), município de Caicó/RN. Método: Pesquisa descritiva e qualitativa, realizada em janeiro e fevereiro de 2011, com dez enfermeiros a partir de uma entrevista semi-estruturada. Resultados: Noventa por cento dos sujeitos referiram conhecer alguma planta medicinal e 50% desses afirmaram recomendá-las. O conhecimento sobre esta prática adveio do saber popular e científico adquirido durante a formação. Foram mencionadas 33 espécies de plantas, sendo sete recomendadas durante a consulta de enfermagem, destacando-se a saúde materno-infantil. Percebeu-se certa tendência de utilização das plantas conhecidas no território nacional. Conclusão: Há uma necessidade premente de abordagem das práticas integrativas e complementares na formação em saúde, e de educação permanente em saúde nos serviços. Sugere-se a realização de outras pesquisas no sentido de investigar o perfil de consumo de plantas medicinais na ESF.


Palavras-chave


Enfermagem em Saúde Comunitária; Plantas Medicinais; Programa Saúde da Família

Texto completo:

PDF