CUIDADOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE – INTEGRANDO VIGILÂNCIA, CLÍNICA E HUMANIZAÇÃO

André Luis Alves de Quevedo, Pauline Müller Pacheco, Vanessa Lora, Eloá Rossoni

Resumo


Este trabalho teve origem na integração teórico-prática das atividades da ênfase Atenção Básica em Saúde Coletiva, da Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. A proposta foi realizar um estudo de caso acerca de uma família, do território de uma Estratégia de Saúde da Família, discutindo a temática das imunizações a partir de um contexto real e possível. Utilizou-se como método a proposta do Projeto Terapêutico Singular, da Política Nacional da Humanização, do Ministério da Saúde. Os dados foram coletados entre os meses de novembro e dezembro de 2011. Os resultados demonstraram a potência do trabalho na Atenção Primária em Saúde pela interseção dos modelos tecnoassistenciais da vigilância, da clínica e da humanização. Entre os instrumentos de intervenção, a visita domiciliar apresentou-se como um disparador de potencialização das práticas em saúde no território. Por fim, concluiu-se que a atenção desprendida na saúde deve ir além das teceduras da vida, de cada usuário, família e comunidade. Assim, faz-se necessário um trabalho interdisciplinar da equipe de saúde, capaz de articular a rede, seja de serviços, seja social e afetiva.


Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Sistema Único de Saúde; Serviços de Saúde; Humanização da assistência; Vigilância em Saúde Pública

Texto completo:

PDF