AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS REGISTROS DAS FICHAS “C” DE CRIANÇAS MENORES DE 01 ANO DAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE MONTES CLAROS/MG

Cláudia Mendes Campos Versiani, Conceição Vieira da Silva Ohara, Eliane Campos Leite Saparolli, Patrick Leonardo Nogueira da Silva, Edilene Oliveira Amaral, Leila das Graças Siqueira

Resumo


Objetivo: avaliar a qualidade dos registros das fichas “C” de crianças menores de um ano acompanhadas pelos agentes comunitários de saúde das equipes de saúde da família do município de Montes Claros/MG. Método: estudo descritivo, retrospectivo, com abordagem quantitativa, sendo utilizada a análise documental como técnica para a coleta de dados. Resultados: das 1101 fichas analisadas, os dados obtidos nesta pesquisa mostram que, com relação à curva de crescimento das crianças, em 643 fichas os registros estavam inadequados ao preenchimento, 330 estavam parcialmente adequados e apenas 09 fichas estavam em adequação. Quanto à situação alimentar e nutricional, a maior parte das fichas (n=965) não apresentavam registro destes dados, 122 fichas apresentavam registros inadequados e apenas 14 com adequação dos dados. Em se tratando da situação vacinal, a maior parte dos registros nas fichas (n=971) encontra-se parcialmente adequados. Conclusão: o registro dos dados ainda precisa ser melhorado e a capacitação da equipe de saúde da família pode contribuir para melhorar a monitorização da população assistida.


Palavras-chave


Cuidado da Criança, Programa Saúde da Família, Agente Comunitário de Saúde, Epidemiologia Descritiva

Texto completo:

PDF