ACESSO DA POPULAÇÃO MASCULINA E UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE EM BELO HORIZONTE – MG

Alberto Mesaque Martins, Celina Maria Modena

Resumo


Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, de caráter quantitativo que teve como objetivo descrever e analisar o padrão de acesso e utilização dos serviços de Atenção Primária à Saúde (APS) por homens na cidade de Belo Horizonte – Minas Gerais. Foram realizadas consultas ao Sistema de Informação de Gestão da Saúde, “Saúde em Rede”, que reúne dados dos prontuários eletrônicos de pacientes que utilizaram os serviços de APS do município nos anos de 2008 a 2011. Os resultados demonstram que os atendimentos masculinos correspondem a cerca de 33% das consultas realizadas na APS, revelando uma menor utilização em relação às mulheres. Observou-se uma maior número de consultas de homens idosos e adultos e, uma menor utilização pelos adolescentes e jovens. Quando relatado os motivos dos atendimentos, constata-se uma maior procura em casos de sintomas manifestos e diagnóstico de enfermidades. Faz-se necessário investir no aprimoramento dos sistemas de monitoramento de APS, buscando fomentar a construção de intervenções contextualizadas que possibilitem o reconhecimento das necessidades de saúde dos homens em cada território.


Palavras-chave


Acesso aos Serviços de Saúde; Atenção Primária à Saúde; Saúde do Homem

Texto completo:

PDF