AS PRÁTICAS TERAPÊUTICAS NÃO CONVENCIONAIS NOS SERVIÇOS DE SAÚDE: REVISÃO INTEGRATIVA

Perola Liciane Baptista Cruz, Sueli Fátima Sampaio

Resumo


Introdução: Baseando-se nas propostas de mudança no modelo de cuidado á saúde, tem-se fortalecido o uso de práticas integrativas, sendo a atenção primária o principal foco das ações de forma global. Objetivou-se revisar a literatura indexada em bases de dados, no período de 2006 a 2012. Metodologia: A revisão integrativa de literatura possibilita a síntese do estado de conhecimento de um tema, ocorrendo em seis fases. Resultados: Selecionados 42 estudos para análise, que trazem uma forte presença de práticas tradicionais no campo da atenção primária globalmente, e algumas experiências de uso de medicina alternativa e complementar. Observa-se desconhecimento por parte de profissionais e escassez de políticas públicas e evidências para real desenvolvimento do tema. Conclusão: Baseando-se nos benefícios identificados de melhoria na qualidade de vida, aponta-se para a necessidade de maiores investimentos em pesquisas, divulgação e formação profissional na área, a fim de suprir uma demanda crescente.


Palavras-chave


1. Terapias Complementares; 2. Medicina Integrativa; 3. Atenção Primária à Saúde; 4. Sistema Único de Saúde

Texto completo:

PDF