CONSIDERAÇÕES DE PROFISSIONAIS E USUÁRIOS SOBRE O SERVIÇO PÚBLICO ODONTOLÓGICO: UM APORTE PARA O PLANEJAMENTO EM SAÚDE

Danielle Bordin, Cristina Berger Fadel, Suzely Adas Saliba Moimaz, Cléa Adas Saliba Garbin, Nemre Adas Saliba

Resumo


Objetivou-se verificar a percepção de profissionais e usuários acerca da necessidade de melhorias no serviço público odontológico. Trata-se de uma pesquisa qualitativa desenvolvida junto a usuários do serviço odontológico (n=240), profissionais da saúde bucal (n=51) e agentes comunitários da saúde (n=126). Os dados foram coletados por meio de entrevista individual e tratados pela Técnica de Análise de Conteúdo. Os resultados mostram que os diferentes sujeitos indicaram a necessidade das seguintes melhorias: estrutura física; sistema de agendamento de consultas; tempo de espera e filas para o atendimento e número de atendimentos diários. Observou-se também, a falta de humanização, de acolhimento e a baixa cobertura da atenção odontológica. Conclui-se que os resultados apontaram para ajustes efetivos nos campos da infraestrutura, recursos materiais e organização dos serviços. Sugere-se que os mesmos sejam considerados em um projeto de implantação da gestão compartilhada das ações e serviços de saúde bucal no âmbito da Atenção Primária à Saúde no Brasil.


Palavras-chave


Avaliação de Serviços de Saúde; Atenção Primária à Saúde; Saúde Bucal; Planejamento em Saúde.

Texto completo:

PDF