AÇÕES DE PROMOÇÃO E PREVENÇÃO À SAÚDE DO TRABALHADOR SOB RISCO DE EXPOSIÇÃO E TRANSMISSÃO DE HEPATITES VIRAIS

Fernanda Oliveira Souza

Resumo


Esse trabalho teve como objetivo relatar uma experiência vivenciada a partir de uma ação de extensão universitária com trabalhadores da atenção primária e manicures sob o risco de exposição e transmissão de hepatites virais. Percebeu-se a necessidade de sensibiliza-los e conscientiza-los sobre os riscos ocupacionais aos quais estão expostos a partir da não-utilização dos equipamentos de proteção individual, bem como a falta de cuidados gerais e locais a serem tomados após a exposição a material biológico, o que tem gerado riscos eminentes à saúde desses profissionais e de sua clientela. Para elaboração do projeto de intervenção: “Mãos de fada, saúde de ferro” foram considerados os perfis produtivos da população adscrita na área de abrangência de uma USF e a atividade foi desenvolvida a partir de momentos: acolhimento dos trabalhadores e abertura do evento; mesa redonda sobre as hepatites virais B e C e as principais normas de biossegurança; ergonomia e ginástica laboral aplicada às profissões representadas; realização de testagem sorológica para doenças infecciosas; atualização vacinal, quando necessária, além da avaliação nutricional e odontológica. As ações de prevenção e promoção desenvolvidas alcançaram os diferentes grupos ocupacionais, expostos ao mesmo risco de adoecer enquanto na atividade laboral.

Palavras-chave: Prevenção de hepatites; trabalhador da saúde; manicures


Palavras-chave


Prevenção de hepatites; trabalhador da saúde; manicures

Texto completo:

PDF