O APRENDIZADO ENTRE MULHERES DA FAMÍLIA SOBRE AMAMENTAÇÃO E OS CUIDADOS COM O BEBÊ: CONTRIBUIÇÕES PARA ATUAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Rosa Maria Castilho Martins, Aida Victoria Garcia Montrone

Resumo


Para ampliar a compreensão sobre o aleitamento materno é preciso considerar que esta prática é  influenciada por diversos fatores, entre eles as pessoas da família. O objetivo deste estudo foi compreender o que mulheres de diferentes gerações aprendem e ensinam sobre a prática de amamentar e os cuidados com o bebê. Trata-se de pesquisa qualitativa da qual participaram oito mulheres de um bairro de classe econômica baixa. Para a coleta de dados utilizamos a entrevista semiestruturada. A análise dos dados baseou-se nos pressupostos da análise hermenêutica-dialética. Os processos educativos presentes no diálogo entre as mulheres mostram que as avós são pessoas de referência na família, possuem diversos saberes sobre a prática da amamentação e os cuidados com o bebê, transmitindo-os para suas filhas e noras. Ao desenvolver ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, profissionais de saúde precisam reconhecer e valorizar os saberes que as mulheres trazem da convivência em família, estabelecendo uma relação dialógica que permita a reflexão e ampliação destes saberes.


Palavras-chave


aleitamento materno, cuidado da criança, mulheres, educação, pessoal de saúde.

Texto completo:

PDF