CONSULTA DE ENFERMAGEM PARA PESSOAS COM DIABETES E HIPERTENSÃO NA ATENÇÃO BÁSICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Priscila Pereira Santiago da Encarnação, Eglia Sara Almeida dos Santos, Margarete Costa Heliotério

Resumo


A relevância da assistência de enfermagem na monitorização dos fatores de risco dos usuários que convivem com diabetes mellitus e hipertensão arterial é evidenciada pelas elevadas taxas de morbimortalidade, principalmente na idade adulta. As complicações provenientes dessas comorbidades revelam a necessidade do fortalecimento da assistência na Atenção Primária. Este relato buscou descrever uma experiência realizada em uma Unidade de Saúde da Família, do interior da Bahia que teve como objetivo melhorar a adesão dos usuários com diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica às consultas de Enfermagem. Realizou-se uma atividade de educação em saúde com o apoio da equipe da Unidade e do NASF e durante o encontro foram agendadas as consultas individuais de enfermagem consolidando o retorno dos usuários ao serviço. As consultas foram estruturadas com a finalidade de favorecer o acolhimento e adesão dos usuários de forma estratégica para proporcionar o resgate do vínculo. Ao avaliar a adesão dos usuários ao evento e posteriormente às consultas de Enfermagem ressaltou-se a relevância da tecnologia leve para a captação de uma demanda até então distante da Unidade, necessitando do fortalecimento do acesso dos usuários com o serviço, a fim de diminuir a distância entre a integralidade do cuidado e a qualificação da assistência. 


Palavras-chave


Assistência de enfermagem; diabetes mellitus; hipertensão arterial; educação em saúde.

Texto completo:

PDF