CARACTERIZAÇÃO DE NÚCLEOS DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA E INTEGRAÇÃO ÀS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA VINCULADAS

Thaís Titon de Souza, Rodrigo José Knabben, Maria Cristina Marino Calvo

Resumo


Este estudo de caso teve como objetivo caracterizar Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) com foco no grau de integração às equipes vinculadas. Um formulário semiestruturado foi respondido por 31 NASF e as respostas foram convertidas para escores de 0 a 2, com valoração previamente definida a partir de revisão de literatura e normativas. Em seguida, os NASF foram estratificados segundo modalidade. Para a caracterização do grau de integração, foram definidos pesos para as dimensões do formulário, com exceção do perfil da equipe, analisado de maneira descritiva. A somatória dos pontos obtidos pelos NASF definiu o grau de integração às equipes apoiadas, que foi considerado incipiente, especialmente entre os NASF Modalidade II. Foi verificado maior percentual de NASF com grau de integração satisfatório na Modalidade I. A definição de estratégias que promovam mudanças estruturais e de processo na implantação dos NASF, incluindo ajustes no trabalho de ambas as equipes e direcionamento e apoio institucional, é necessária para que a integração e a colaboração esperadas possam ser consolidadas.

Palavras-chave


Atenção Primária à Saúde; Políticas Públicas de Saúde; Avaliação em Saúde

Texto completo:

PDF