A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO HIPOTIREOIDISMO CONGÊNITO: UM RELATO DE CASO

Daniela Gonçalves Soares, Gabriela de Jorge Oliveira, Carlos Eduardo Cavanellas Maiolli, Giulia Carraca Soares, Rita Maria Bastos

Resumo


O Hipotireoidismo Congênito (HC) é o mais frequente distúrbio endócrino congênito, sendo mais prevalente no sexo feminino. Ocorre por uma incapacidade do organismo de produzir quantidades normais de hormônios da tireoide (T3 e T4), essenciais para o desenvolvimento físico e neurológico. Esse distúrbio geralmente não apresenta manifestação sugestiva da doença ao nascimento, podendo ser assintomática até o terceiro mês. Crianças não tratadas precocemente cursam com retardo mental de graus variáveis, atraso no crescimento, surdez e alterações metabólicas. Nesse sentido, a triagem neonatal tem como principal objetivo evitar sequelas, a partir de uma terapêutica adequada nas duas primeiras semanas de vida. O teste do pezinho é realizado na triagem, e deve ser feito do terceiro ao quinto dia do recém-nascido.


Texto completo:

PDF