SERVIÇO DE ATENÇÃO FARMACÊUTICA EM PROGNÓSTICO DE ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO: RELATO DE CASO

Sandna Larissa Freitas dos Santos, Alexandra Moreira Araújo, Hérick Hebert da Silva Alves, Karla Bruna Nogueira Torres Barros, Maria Luísa Bezerra de Macedo Arraes

Resumo


Introdução: O acidente vascular cerebral (AVC) representa a terceira causa de morte em vários países do mundo e principal causa de incapacidade física. Objetivo: Apresentar um caso de um idoso com prognostico de Acidente Vascular Cerebral, com aplicação do teste de Rankin e Katz de uma Instituição Filantrópica de apoio ao idoso Remanso da Paz, Quixadá-CE. Relato de caso: O participante da pesquisa foi um idoso com 62 anos do sexo masculino, casado, diagnosticado com Hipertensão Arterial aos 59 anos, que utilizava Losartana potássica 50mg, um comprimido ao acordar e outro antes de dormir. Sofreu um Acidente Vascular Isquêmico, o qual foi evidenciado através de exames como a tomografia computadorizada. Discussão: Os resultados evidenciaram o nível correspondente aos padrões de dependência moderada, o paciente em questão caminha sozinho, alimenta-se, escreve com a mão esquerda, porém devido a imobilidade do braço e perna do lado direito do corpo, é incapacitado de realizar atividades diárias como troca de roupas, e movimentar-se em sentar e deitar. Com isso, verifica a importância da atenção farmacêutica que comtempla a interação direta com o paciente contribuindo assim a uma melhor expectativa de vida a estes pacientes em prognostico em AVC.


Palavras-chave


Atenção Farmacêutica; Acidente vascular cerebral; Hipertensão.

Texto completo:

PDF