ANÁLISE QUALITATIVA DOS CONSELHOS LOCAIS DA ATENÇÃO BÁSICA DE SÃO CARLOS: A DINÂMICA DE FUNCIONAMENTO E PARTICIPAÇÃO

Renata Inahara Matuoka, Márcia Niituma Ogata

Resumo


 A dinâmica nos conselhos gestores locais de saúde, um espaço descentralizado de participação social garantida constitucionalmente, tem diferentes formas de práticas e saberes. Compreender as dinâmicas implantadas possibilita um aumento do grau de informação sobre o funcionamento dos serviços e da administração e como os atores envolvidos desenvolvem seu papel. Este estudo teve por objetivo, através de uma pesquisa qualitativa, conhecer a dinâmica de funcionamento e participação dos Conselhos Gestores Locais de Saúde da Atenção Básica, entre Unidades de Saúde da Família e Unidades Básicas de Saúde do município de São Carlos, através dos segmentos nele representados: usuários, trabalhadores de saúde e gestores. A pesquisa foi desenvolvida por entrevistas semiestruturadas, analisando perfil sociodemográfico e sociopolítico e os discursos foram analisados qualitativamente. Foram destacadas as categorias da dinâmica de funcionamento e a da dinâmica de participação nos conselhos gestores locais de saúde. Os dados permitiram compreender a diversidade de formas de participação e refletir sobre a necessidade de potencializar a unidade de saúde como catalisador da efetivação da cidadania, diminuir a segregação entre conselhos e comunidade e fortalecer a gestão participativa.

Palavras-chave


Primary Health Care; Basic Health Services; Health Councils; Health Councils; Participative Planning.

Texto completo:

PDF