ACESSO E REGIONALIZAÇÃO EM SAÚDE: ANÁLISE DE UM SERVIÇO AMBULATORIAL DE MÉDIA COMPLEXIDADE

Marcélia Guimarães Paiva, Auta Iselina Stephan-Souza, Júlio Maria Fonseca Chebli, Maria Teresa Bustamante-Teixeira

Resumo


Este artigo compõe o subprojeto - estudo epidemiológico, que  retrata o Serviço de Doenças Intestinais Inflamatórias do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora. É  parte do  projeto Estudo da Regionalização e Organização da Assistência de Média e Alta Complexidade na Macrorregião Sudeste de Minas Gerais. Neste texto avalia-se esse Serviço em relação às normas que determinam a regionalização da  assistência à saúde para identificar os limites e possibilidades do acesso e a caracterização dos usuários que, em  face às peculiaridades da doença, são orientados para o atendimento fora dos padrões regulamentados no Plano  Diretor de Regionalização do Estado de Minas Gerais. A situação diferenciada  é o foco deste estudo considerando-se o processo de contratualização entre a Secretaria  Municipal de Saúde e o Hospital Universitário.


Palavras-chave


Regionalização. Acesso. Sistemas de Saúde. Doença de Crohn

Texto completo:

PDF